• Rede TBT

Bitcoin já consome mais energia do que a Argentina

Segundo levantamento feito pela Universidade de Cambridge, se fosse um país, o Bitcoin estaria em 28º lugar no consumo global de energia, consumindo mais do que a Argentina.



Para se criarem novas unidades da moeda digital, pessoas ao redor do mundo utilizam computadores ligados 24 horas por dia, executando o processo chamado de mineração.